Mostrando postagens com marcador blogueiras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador blogueiras. Mostrar todas as postagens

07 outubro 2010

Blogueiras e nomes exóticos ajudam a popularizar lançamentos de esmaltes

A multiplicação de blogs na internet de aficionadas por esmaltes se tornou parte da estratégia das empresas para testar a aceitação de novos lançamentos.

"Sempre tive mania de trocar de esmalte todo dia. Meu marido ficava louco, hoje ele até gosta. O blog foi uma forma de justificar nosso vício", brinca a produtora de eventos Bruna Coelho,26, que lançou há quatro meses o viciadasemesmalte.com, com a gerente de projeto web, Mariana Khouri, 28.

As duas mantêm contato com uma rede de blogs, inclusive internacionais para acompanhar tendências.

A cantora e arquiteta Bia Lombardi, 30, do maofeita.com.br conta que o blog já registra 27 mil pageviews/dia. Ela avalia novos produtos enviados por empresas. O contato não envolve pagamento e nem obrigação de elogiar lançamentos.

No caso do loucasporesmalte.com.br, Camila Zatz, 26, bióloga, explica que o blog já se sustenta com publicidade. "Deu para recuperar o investimento e bancar os sorteios para as leitoras."

O blog 9ml.com.br foi procurado por uma empresa de Taiwan interessada em apresentar seus produtos e checar o gosto das brasileiras.

Um exemplo do poder da internet é o crescimento da Big Universo, de São Paulo, que conseguiu parceiros para distribuir seus produtos nacionalmente após ganhar destaque nos sites.

As vendas cresceram 160% no primeiro semestre e a divulgação foi feita apenas pela internet, com envio de produtos para blogueiras. Segundo Clarissa Ezaki, diretora da empresa, a produção deve dobrar para 1,5 milhão de vidros até o fim do ano.

As blogueiras interferem até mesmo no nome dos esmaltes, um dos elementos usados para fixar a cor na memória da consumidora. Após conversar com blogueiras, a Elke lançou em maio uma linha de esmaltes com nomes ligados ao mundo digital e a filmes, como Facebook, Twitter e Crepúsculo.
Fonte: UOL